Ape Escape – Começou a temporada de caça ao macaco!

9 02 2009

scus_94423_08022009_140434_0328

Título: Ape Escape
Título Japonês: Saru, Get You! (Te peguei Macaco!)
Lançamento: 1999
Empresa: SONY
Sistema: PSONE

350px-reirom

“LOL AMIGO! CAPTUREI TODOS OS MACACOS. SOU O CAÇADOR DE MACACOS MÓR!”
REIROM sobre APE ESCAPE
mojo1

 

“IMITADORES!!! MALDIÇÃÃÃÃÃO!”     

MOJO JOJO sobre APE ESCAPE

“Olha, Donkey Kong do Play Station.”
JOGADOR MONGOL sobre APE ESCAPE

“DONKEY KONG É O CARALHO, MEU NOME É ZE PEQUENO.”
Macaco vilão sobre jogador mongol

Ele era bonzim, mas...

Ele era bonzim, mas...

 

Começou a revolta macacada!

Começou a revolta macacada!

Hoje vou falar de um título que ficou famoso mais por conta da baixa qualidade de um período que pela qualidade do jogo em si. Ape Escape surgiu num momento que a referencia de jogo de plataforma bom era o insoso Super Mario 64. Tudo que vinha surgindo de plataforma até ali tentava imitar o Mario 64 que já não era tão empolgante assim, imagem então essas imitações. Bem os caras da Sony então mandaram o Saru Get You. Como em japonês o SARU rima com YOU, a versão americana se chamou APE pra rimar com ESCAPE. O roteiro é uma coisinha bizarra só pra enganar mesmo, afinal esse é um jogo de plataforma com visual infantil. Um certo macaco de laboratório colocou um capacete experimental, tornando-se assim um macaco com uma inteligencia igual ou superior a de um gênio humano, mas voltado pro mau(Já ouviram falar de um certo macaco Loco Mojo Jojo?).

Esse é você!

Esse é você!

Então ele passa a recrutar milhares de macacos que começam a aprontar pelo mundo inteiro, tornando todo lugar por onde passam um inferrrrrno. Cabe a você agora capturar todos.

No papel do moleque que deve capturar os macacos seus poderes principais incluem um clon do sabre de luz do Star Wars que não mata os macacos mas os deixa atordoados, porém com os outros inimigos serve pra destruir e a rede que só servem mesmo pra enviar os macacos de volta para o laboratório. Claro que há outros itens como um  barquinho e uma prancha motorizada pra explorar as regiões aquáticas. As fases, como na maioria dos jogos de plataforma 3d, não segue aquele objetivo tradicional do 2d de andar do começo ao fim. A fase termina quando o nº certo de macacos for capturada. O ambinte por sinal é bem variado e surpreendentemente a jogabilidade flui melhor de que qualquer jogo de plataforma 3d do período. Os pontos negativos ficam por conta dos gráficos e das músicas.

Preparando o ataque

Preparando o ataque

Graficamente é o que se espera de um jogo de PS1, muito quadradão, mas para ganhar mais velocidade devido ao fraco potencial 3d da época, esse saiu quase um lego de tão quadrado.É um sacrifício valido, é verdade. Mas o pior mesmo é a trilha sonora, uma batucada eletronica sem fundamento nenhum, baixe o volume se preciso for, parece um DJ com diarréia. Ape Escape jamais vai ser seu jogo de plataforma favorito, mas também não vai ser uma experiencia ruim. Comparado a época que ele foi criado pode-se até considerar tirar leite de pedra, NBSÉC.

Use the Force!

Use the Force!

Curiosidades – Ape Escape virou anime… Vai se saber quem tem cabeça pra assistir um anime sobre capturar macacos; Hideo Kojima, o autor do Metal Gear, no terceiro jogo da serie Solid, fez um mini-game com um trocadilho MESARU GEAR(Em japones Metal Gear é METARU GEAR), que acabou virando SNAKE vs MONKEY na versão americana. Neste joguinho o Solid Snake deve capturar os macacos do Ape Escape que se alastraram pelos cenários do MEtal Gear, afinal de contas na historia do Ape Escape os macacos se alastraram por todo o mundo. O detalhe mais importante é que os dois jogos são de empresas diferentes.

 scus_94423_08022009_140552_0546

    scus_94423_08022009_140603_07031

 

 

 

 

 

scus_94423_08022009_140755_0906

Publicidade