Duck Tales 2 – Mesmo jogo, Menos Criativo, Mais Labirinto

17 06 2009

Eu fiquei devendo aqui a abertura do Darkwing Duck ;p

Duck Tales 2 (U)_01

Título: Duck Tales 2
Sistema: Nes
Em: 1993
by Capcom

Em 1993, o Super Nintendo estava por cima, era o videogame mais vendido, apesar do MEga Drive estar sempre bem próximo. Os velhos 8 bits já se preparavam pra aposentadoria, o Master System já era passado nos Estados Unidos e Japão, continuando apenas em alguns países Europeus e Brasil. O Nes já não era o que era antes, mas ainda tinha algumas notoriedade, estava entrando no seu último ano nos Estados Unidos (no Japão ainda durou até 94). E nesse último ano a Capcom foi uma das empresas que mais se dedicou ao velho console, afinal eles transformaram séries como Megaman em grandes sucessos graças ao Nes. Nisso surgiram novas versões de sucessos passados da Capcom, dentre eles Megaman 6, Mighty Final Fight, Chip’n’Dale Rescue Rangers 2 e este Duck Tales 2.

A desculpa para o roteiro é previsível: Um tal de Fergus escondeu tesouros em várias partes do mundo e Tio Patinhas e sua trupe partem para a caça. Os novos locais de exploração são um velho castelo na Escócia, a Ilha de Mu, Cataratas do Niagara, Uma pirâmide do Egito e um navio no Triângulo das Bermudas.

Duck Tales 2 (U)_02

Novidades: Comparado ao original, a única novidade realmente nítida são os upgrades feitos na bengala do velho Patinhas, que podem ser feitos encontrando o Professor Pardal durante as fases. Fazendo esses upgrades é possível quebrar blocos mais pesados, empurrar certos blocos, dentre outros. Há ainda lojinha de itens no fim das fases, onde além de itens de cura outras utilidades, é possível comprar aqueles itens de aumento de HP, que no original estavam escondidos em passagens secretas nas fases. O tempo limite pra terminar a fase foi retirado, pois além de desnecessário, as fases estão muito maiores e cheias de caminhos, o que vai dificultar a vida(o que não é uma coisa ruim) de quem sai caçando os itens da fase, assim como eu.

Duck Tales 2 (U)_03

Algumas partes do cenário não estão só pra enfeitar, esse canhão quebra a parede por exemplo

Algumas partes do cenário não estão só pra enfeitar, esse canhão quebra a parede por exemplo

Mas…: Nem tudo são fólores em Duck Tales 2. A empolgante trilha sonora do primeiro jogo não está presente. As músicas não são chatas, mas são um tanto quanto simples comparado ao primeiro. Há ainda algumas diferenças nos efeitos sonoros, o mais notável é o efeito sonoro quando se mata um inimigo, que era um tanto escandaloso no 1, neste está mais discreto, o que pode agradar uns e outros podem sentir falta.

Duck Tales 2 (U)_06

Duck Tales 2 (U)_05

Olha a fase do Guts Man!

Olha a fase do Guts Man!

 

 Os cenários, apesar de gráficos um pouco melhores, também não são tão marcantes como no anterior. Já a dificuldade continua mediana, sendo o mais difícil é passar de fase, os chefes continuam mongolões e morrendo fácil.

Ainda assim, acho Duck Tales 2 o jogo que mais se destaca deste período de despedida do Nes. Aqui vai novamente o video Crazy Duck in Space, o tema da lua no primeiro jogo, com letra ;p

Publicidade