10 motivos pra se ter um Game Boy

21 07 2009


Charles Chaplin, numa época onde não havia nem cores, nem sons nos filmes, conseguiu passar todas as suas idéias brilhantes e criatividade. Com pouco ele fez muito…

Em 1989, a Nintendo lança o primeiro portátil, o Game Boy. Assim como Chaplin, Game Boy não podia mostrar suas cores e seus sons eram mais fracos que o do Nes. A concorrência chegou e colocou cores nos portáteis, mesmo assim o Game Boy, sem cor algums conseguiu durar 9 anos, desbancando de longe todos os concorrentes como Game Gear e o  Atari Lynx. Game Boy com pouco, fez muito, graças a idéias inteligentes e criativas.

O original, ainda grande pra portátil. Seria Game Boy o Chaplin dos videogames?!

O original, ainda grande pra portátil. Seria Game Boy o Chaplin dos videogames?!

Que momento mais AAAAAAAAU!

Aqui listo meus 10 principais motivos pra se ter um Game Boy em casa até hoje, ou pelo menos pra emular um ; p

10 – Pokémon Red/Blue : Antes de se tornar um jogo extremamente repetitivo e pouco inovador, e antes mesmo daquela febre que atingiu o ano 2000, Pokémon era um RPG simples, porém diferente do Game Boy. Você no papel de um “POKEMON TRAINER” com nomes opcionais deve escolher um dos 3 bichinhos básicos Charmander, Bulbasaur ou Squirtle (Sim, aqui Pikachu é só coadjuvante) e partir em buscar de 151 Pokémons(alguns deles só possíveis de se conseguir com transferência de uma versão pra outra) e 8 insígneas, enquanto tenta se livrar da organização mafiosa Team Rocket. Os elementos do anime só foram adicionados posteriormente na versão Yellow, como o character desing e novos personagens como Jessie e James. 10 Pokemon Red
09 – Metroid II – Return of Samus : Este é o menos conhecido dos jogos da serie Metroid, mas não impede de ser um dos mais loucos jogos do Game Boy, além de ser a ligação direta pro inicio do hit Super Metroid. Aqui temos a continuação da missão de Samus para exterminar os terríveis Metroids. O mais difícil ainda é o fato do jogo não ter mapa, mas não chega a ser tão complicado quanto a versão original. O tiro aqui também é mais eficiente.

09 Metroid_II_-_Return_of_Samus
08 – Donkey Kong : Na mesma época em que a serie Country chamou atenção do mundo pelos seus gráficos, a Nintendo também trazia a série de volta as origens na tela do seu portátil. O jogo inicia com a velha batalha de Mario e Donkey dos arcades(com as mesmas fases) mas logo depois, ganha uma continuação direta com direito a muitos movimentos novos e novos estilos de fase, misturando elesmentos de outros jogos do como o Donkey Kong Jr. e da série Mario Bros.
08 Donkey Kong
07 – Kirby Dreamland 2 : O Kirby original nasceu no Game Boy, mas ainda não roubava poderes. Migrou pro Nes, onde ganhou seus poderes, e retornou a Game Boy em grande estilo nesta versão. Novos elementos como amigos de Kirby, novos inimigos e poderes fizeram deste um dos melhores jogos da serie.
07 Kirby Dreamland2
06 – Gargoyle’s Quest : Esta trilogia é mais conhecida por seu terceiro episódio, Demon’s Crest para Super Nes. Originado no Game Boy, Gargoyle’s Quest teve a segunda versão para Nes antes de virar Demon’s Crest. É uma aventura dentro do mesmo universo do Ghosts’n’Goblins, sendo que prefiro a trilogia Gargoyle que a do Ghosts. Esta é uma batalha de demônios ruins contra demônios piores ainda. Você é Fire Brand, ou Red Arimaa na versão japonesa, que por sinal é um inimigo do personagem Arthur do Ghosts’n’Goblins.
06 Gargoyle's_Quest
05 – Super Mario Land 2 – Quem acompanhou os primeiros jogos do GB, sabe que eles eram tão simples que parecia que os programadores duvidavam dele. Super Mario Land 1 foi um desses jogos que, apesar de uma marcante trilha sonora, era graficamente inferior ao Super Mario Bros. 1, e tinha paenas 4 mundos. O Land 2 veio pra corrigir isso fazendo um jogo com elementos de Mario 3 e Mario World, e ainda foi a estréia do personagem Wario, que aqui ataca como último chefe do jogo.
05 Super Mario Land 2
04 – Wario Land : Por algum motivo, Shigeru Miyamoto gostou do irmão politicamente incorreto do Mario, e deu ao Wario a chance de estreiar seu jogo. Ao contrário do Mario, Wario é nojento, ganancioso, tem gosta de ter maus hábitos (como peidar) e ao invés de cogumelos, prefere alho. Nesse jogo de estréia, além de ser mais divertido que os de Mario(comparado com os 2 Lands), trazia a opção de ver vários finais de acordo com os caminhos seguidos durante o jogo. Wario tem como objetivo apenas satisfazer sua ganancia, nada de salvamentos heróicos.
04 Wario Land
03 – Mega Man : Foram 5 jogos da serie Rock Man World para GB, adaptados apenas como Mega Man nos EUA. O primeiro foi muito fraco, o segundo, uma decepção gritante de tantos defeitos que possúi. Visto isso, a Capcom resolveu melhorar o investimento nos Mega Man de GB e mandou muito bem no Rock Man World 3 e 4, jogos que traziam elementos dos jogos 3, 4 e 5 do Nes, adaptados a telinha e ao baixa velocidade do GB, e o resultado ficou muito bom. Na quinta e última versão, foi criado um jogo completamente original, onde o robô azul enfrentava robôs intergaláticos que ao invés dos tradicionais nomes “QUALQUER COISA” MAN, vinham com os nomes dos planetasdo sistema solar. Pra quem gosta da serie do Nes, 3, 4 e 5 do GB são imperdíveis.
03 Mega Man V
02 – Castlevania Adventure 2 : Dos 3 Castlevanias preto e branco este é o único que realmente vale a pena ser jogado e rejogado, (apesar de que eu amo a Sonia Belmont e seu romance com Alucard em Castlevania Legends). O fato é que o Adventure 1 e Legends são jogos com jogabilidade inferior e com fases pouco inspiradas. Adventure 2 além de ter tudo isso funcionando, trás uma ótima trilha sonora que até foi tocada nos discos de músicas arranjadas da serie. Christopher Belmont deve resgatar seu filho Soleil Belmont que caiu nas garras do Drácula, que conseguiu escapar no final do Adventure 1.
02 Castlevania Adventure2
01 – Legend of Zelda Link’s Awakening : A razão desse Zelda ser o melhor jogo do GB é uma só – É um jogo que levou a capacidade dessa maquininha ao máximo. É um jogo de GB com cara de SNES. Apesar dos elementos vindos diretamente de “A Link to the Past”, “Awakening” parece ser uma continuação direta do jogo original de Nes, devido ao estilo das dungeons e telas do jogo. É também conhecido por ser o mais bizarro jogo da série por estar dentro de um mundo de sonhos, aparecem vários easter eggs de Super Mario, Kirby e outras coisas esquisitas. Ganhou uma versão colorizada quando o Game Boy em cores foi lançado.
Legend of Zelda Link's Awakening

Bem o que se percebe é que em termos de jogos lançados pra Game Boy, diferente do NES e SNES onde várias empresas brilharam, a Nintendo ficou muito por cima, com alguma participação da Konami e Capcom.

Claro que ainda existem vários títulos legais de GB que não mencionei. Qual você sentiu falta? Estaria ele no painel abaixo?

Gradius_-_The_Interstellar_Assault

Anúncios

Ações

Information

5 responses

21 07 2009
Vectorman

Desses eu só tenho o mario land 2… É um ótimo jogo mesmo… Muitos desses já joguei em emulador e comprarei um dia pro meu GB…

Você fará uma seção dessas pro Mega Drive?? Seria ótimo, é meu console preferido… =]

21 07 2009
juliana lima

Queria saber de onde vc tira essas reliquias, eu lembro que uma amiga minha tinha um desses mais de corrida….

muito showwwwwww
de volta no tempo

22 07 2009
Eurritimia

Nesse Kirby 2, ele monta no Hamtaro… 😛

O fato de o Game Boy ter durado tanto tempo só mostra que nem de gráficos coloridos vivem os videogames. Fora que só na versão original de GB que dá pra pegar os 151 sem apelar – nada de eventos de Nintendo, Game Shark…

23 07 2009
Alandria

Além de todos esses ótimos games, vale lembrar que esse portátil era feito de Nintendium e sobrevivia até a bombas nucleares.

XD

Mas, falando sério, ótimos jogos. Link’s Awakening tem diferenciais importantes. E um dos romances mais sólidos da série Zelda, que eu saiba.

27 07 2009
marcelo

po, faltou o final fantasy adventure, tb conhecido como seiken densetsu (ou secret of mana 0 ) =p
e os legends tb tem la seu merito. vc mata deus! fuck yeah.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: