Wii Retro – Punchout, Wario Land, A Boy and his Blob, Nights, Donkey Kong

18 12 2009

Ao longo deste mês, tenho mostrado como o Nintendo Wii acabou por se tornar um console onde jogadores mais idosos, ou apreciadores do 2d em geral podem se sentir mais a vontade. Eu teria ainda assunto Wii retro pro mês inteiro, mas semana que vem vou iniciar meu especial de fim de ano, então para não dizer que eu ensinei a vocês onde encontrar o melhor do retro, aqui vão mais jogos, quem sabe numa oportunidade futura eu os resenhe com mais calma:

Punch-out – Não adianta os jogos de esporte se tornarem super realistas, a diversão tem que vir acima de tudo. Compare o Punch-out do Nes (1986) com qualquer jogo de boxe atual, nenhum chega aos pés dele. Punch-out é imbatível como o jogo de boxe mais divertido já feito, se existe algum jogo que poderia bater o Punch-out seria ele mesmo. Em 1994, Punch-out chegou a Super Nintendo, a má campanha de marketing não ajudou na popularização do jogo, tornando-se um clássico cult. Apesar de ser um bom jogo, as mudanças de regras em relação ao original não agradaram a todos, como por exemplo não há rounds, as lutas devem ser sempre encerrados com nocaute triplo, e o sistema de socos especiais ficou diferente, e não havia também um carismático treinador. 15 anos depois, Punch-out retorna turbinado, em 3d cel-shading com uma bela animação. Todas as regras do jogo voltam a ser baseadas pelo jogo do Nes, com rounds e o sistema de socos especiais coletando-se estrelas no ponto fraco do inimigo. O jogo é quase um remake do jogo do Nes, com presença de todos os inimigos clássicos(com a vinheta original de cada um inclusa), do treinador Louis “Mussum” dando dicas ou falando abobrinha, mas há também a presença de Bear Hugger do Super Nes e um novato Disco Dan. Pra quem jogou o original o sistema é o mesmo, porém há mais velocidade e dinamismo, algumas estratégias antigas ainda funcionam como acertar a boca de King Hippo e logo depois a barriga. Sem dúvida um dos jogos DO ANO!

Frogger Returns – O velho sapo da Konami voltou no seu estilo oitentista de ser, mas com novos gráficos.  Pra quem não conhece, Frogger precisa desesperadamente cruzar uma avenida, e atravessar uma rio para pegar uma sapa e procriar, enquanto come moscas. Totalmente chorável.

Wario Land Shake it – A nostalgia trás os jogos do Game Boy 8 bits, responsáveis pela popularização da “versão” anti-herói do Mario. Wario é desarrumado, feio, e nojento(peidos e melecas inclusos). Neste 5º jogo da série, não há grandes novidades, excluindo a belíssima arte 2d do jogo, nesse ponto ele não é nada retro. Porém a jogabilidade é a mesma do Game Boy, Wario distribui ombradas, pulos, agarra os pequenos demônios inimigos, interage com certos obstáculos e objetos e dessa vez pode até fazer terremotos. Com oextra há videos estilo anime, coisa raríssima em jogos da Nintendo.

Seria Syrup a Peach do Wario. Pelo menos, bem servid ele está.

A Boy and His Blob – Originalmente feito para Nes por David Crane(O cara que criou Pitfall), Boy and his Blob, criou um tipo de puzzle game com aparência de jogo de plataforma. O problema na época é que o jogo não era muito claro e sem uma boa lida no manual, os jogadores ficavam completamente perdidos do objetivo. Reaproveitando a boa idéia de Crane, a Majesco trás para o Nintendo Wii uma nova versão de A Boy and His Blob, como realmente deveria ser, uma bela arte 2d, e com os objetivos claros e as transformações da sua criatura ficam explícitas na tela. Imperdível para os fãs de clássicos em 2d.

Donkey Kong Jungle Beat – Este foi originalmente lançado em 2006, mas niguém notou devido a baixa popularidade Game Cube (ano de God of War também). Aproveitando que o Wii está popular, a Nintendo resolveu relançar alguns jogos que passaram batidos pela maioria. Aqui o velho DK volta ao estilo plataforma que o popularizou no Super Nintendo, porém o estilo do controle é bem diferente. Na verdade devo alertar que quem ver este como um Donkey Kong Country 4 pode se decepcionar. Jungle Beat é um jogo de plataformas interessante apenas, mas passa longe da trilogia Country.

Nights Jorney to Dreams – Este jogo nasceu em 3d no Sega Saturn, mas posso considerar retro, pois além de já terem se passado 13 anos do original, os controles não trazem novidades. O clássico cult do Sonic Team, que pra mim é uma das melhores produções da Sega, só perdendo pro Sonic 3 & Knuckles, ganhou um bom remake no Ps2, e esta continuação para Nintendo Wii. Se gostou do original, saibam que este serve quase como um pacote de expansão, pois os movimentos são os mesmos. São poucas novidades, agora há diálogos, e os cenários estão bem maiores e mais detalhados. De resto é o bom e velho Nights, que pode ser jogado com qualquer dos controles do Wii(incluindo o de Game Cube), mas JAMAIS jogo com o Wiimote sem Nunchuck, pois a jogabilidade fica uma pedra só.

Por hora é só. Aguardem que esta semana irei iniciar um especial neste blog para fazer todos relembrarem o ano de 2009.

Anúncios

Ações

Information

4 responses

18 12 2009
Cpt.Guapo

Decidi agora: Estabilizando as coisas no final de Janeiro, vou comprar um Hor-Wií-vel…Depois dessas dicas de Punch Out, Frogger, A Boy and His Blob e Nights, além claro, das resenhas que tu fizeste antes, tenho baixar a bola pra esse console…Carácula, tô com água na boca!

Quem viver, verá. Valeu pelas resenhas e dicas.

19 12 2009
9voltclub

Se for usar piratarias, aproveita e dá uma lida nesta matéria que eu fiz https://9voltclub.wordpress.com/2009/09/29/homebrew-channel-o-underground-do-wii/ , qualquer coisa entra em contato que eu dou uma ajuda

19 12 2009
Cpt.Guapo

Hum…interessante demais… O que uma comunidade interessada não pode fazer, não é mesmo? Valeu, 9volt, qualquer coisa eu dou um grito.

21 12 2009
César

Ótimo, ótimo! DKJB foi um jogo muito bonito, apesar de pequeno e fácil, mas pegar todas as medalhas não é algo para qualquer um. Tem que manjar dos combos.

Wario Land foi um jogo muito bonito também, a Nintendo de vez em quando se puxa.

E Punch-Out é uma coisa que já estava fazendo falta, assim como Star Fox anda fazendo nesta geração.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: