Toys – Jogando com um mordomo

6 02 2010


Título: Toys
Sistema: Super Nes
by Absolute Entertainment
em 1993

Seguinte, eu tentei jogar essa bomba chamada Toys, mas não consegui sair da primeira fase. Vamos do início:

Ao que parece, essa bizarrice é baseada num filme que pelo pouco que vi no jogo, jamais vou assistir…o roteiro fala sobre um clone debilóide do Hitler, que construiu uma fábrica de brinquedos idiotas que atacam pessoas.

Hitler quer dominar o mundo com brinquedos

Então dois caras mais idiotas ainda invadem a fábrica pra bancar de heróis. O personagem que controlamos é tão besta que parece um mordomo com algum problema mental, pois anda por aí segurando cabeças de elefante, patos e brinquedinhos tradicionais como peões e carrinhos. Essas porcarias obviamente são as armas, mas elas parecem mal planejadas pois não são eficientes o que deixa a dificuldade alta, porém é um desafio chato porque o jogo não oferece recursos decentes para defesa.

Soltei um pato pra acabar com o inimigo

Os inimigos com que você vai se deparar são os brinquedos de guerra como tanques e bombinhas. Então chega o ponto crucial: Se conseguir aguentar ficar sem apanhar no jogo por algum tempo, deve tentar quebrar cabeças verdes de elefante(os caras são obsecados por elefantes, vai ver que gostam de uma tromba), que na verdade são câmeras de segurança, só que em nenhum momento fica claro como se quebra as tais câmeras. Depois de dar dois Game Overs na fase tentando quebrar os elefantes verdes mandei o jogo ir tomar vocês sabem onde e fui dormir. Fica a dica…

Só por curiosidade: O jogo foi conceituado por David Crane, que decadência heim!

Publicidade